Capitão Fantástico ★★★

captainfantasticposterCaptain Fantastic | Direção e Roteiro: Matt Ross | Elenco: Viggo Mortense, George MacKay, Annalise Basso, Samantha Isler, Shree Crooks, Nicholas Hamilton, Kathryn Hann, Frank Langella e Trin Miller | Gênero: Drama e Comédia | Nacionalidade: Estados Unidos| Duração: 1h58min

Se lembram daquela famosa frase vinda do filme O Clube da Luta: Quando perdemos tudo o que temos, é que realmente nos tornamos livres? Pois então, em O Capitão Fantástico, este é o principal objetivo desta família completamente livre de qualquer artifício como tecnologia, vícios ou gordura trans. O que importa são as ideias e opiniões de cada um. É esta a principal proposta do filme dirigido por Matt Ross que mistura os princípios ensinados nos livros com atitudes que vão definir a vida destes personagens únicos e inusitados.

Capitão Fantástico conta a história da família de Ben (Viggo Mortensen) que cria e educa seus filhos no meio do mato, totalmente isolados do resto da sociedade. Tudo vai indo bem até que a Leslie (Trin Miller), a matriarca, adoece e precisa de cuidados médicos, o que a leva de volta para o “lado mal” do mundo, onde é amparada pelos seus pais, que sempre detestaram este estilo alternativo de vida. Infelizmente, a morte de Leslie abala completamente ambos os lados. Tanto que o personagem de Frank (Frank Langella), pai da moça, ameaça Ben caso ele apareça no funeral. Praticamente proibindo de que o marido e filhos participem do funeral. Mas acha que isto vai impedi-los de se despedirem? É a faísca necessária para acender (ainda mais) a chama da união desta família em uma aventura na estrada.

O filme traz aqueles velhos aspectos de um típico road movie, mas que não deixa de ser original. É como se Capitão Fantástico fosse o filho de A Pequena Miss Sunshine e Na Natureza Selvagem, e ainda assim conseguir ter sua própria identidade. Claro, as circunstâncias ajudam, porém a questão familiar se mistura com os valores que lhe foram ensinados desde pequenos. E isto é o mais incrível deste filme. Quando a história inicia, somos apresentados a rotina de Ben e seus filhos que caçam sua própria comida, leem Karl Marx e Noham Chomsky, discutem literatura, praticam meditação e etc, e ficamos impressionados com tamanha educação e senso crítico que a família tem. Principalmente pelos mais novos que não se acanham de ouvir explicações diretas e honestas sobre a vida. Porém, quando eles são levados ao meio urbano, percebemos que nem tudo parece ser estas maravilhas, pois nem tudo que se exerce no isolamento, dá certo entre o “resto dos seres humanos”. Detalhes que Ben percebe e tem que abrir um pouco da sua filosofia de vida para dar o melhor para seus filhos.

Capitão Fantástico é daqueles filmes que você vai assistir e vai te dar aquela vontade de querer mudar vários aspectos na sua vida. Seja no modo como leva, como pensa ou até como age. O longa não tem a intuição de julgar ou criticar o modo como cada um vive, mas de “sacudir” e nos inspirar a deixar a nossa zona de conforto.

 

Comente

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s