A Luz Entre Oceanos

THE LIGHT BETWEEN OCEANSDireção e Roteiro: Derek Cianfrance | Elenco: Michael Fassbender, Alicia Vikander, Rachel Weisz, Caren Pistorius, Emily Barclay e Anthony Haeys | Gênero: Drama e Romance | Nacionalidade: Estados Unidos, Reino Unido e Nova Zelândia | Duração: 2h13min

Se tem uma coisa que adoro em filme de casais são eles discutindo o relacionamento, se apaixonando, se entregando, se matando e vivendo uma grande história de amor. A Luz Entre Oceanos é um longa que apresenta os elementos necessários para uma DR entre uma dupla apaixonada e completamente oposta, mas sabe o que acontece? Nada além do esperado.

Dirigido por Derek Cianfrance e baseado no bestseller homônimo de M.L. Stedman, o filme retrata a vida de um homem que trabalha em um farol e vive com sua esposa na região costeira da Austrália. Eles encontram um bebê à deriva, dentro de um barco, e decidem resgatar e cuidar da criança como se fosse seu filho. Além das dificuldades enfrentadas ao perder o primeiro filho, o filme apresenta as consequências diante desta “adoção” que as ondas do mar carregaram até eles.

Infelizmente, A Luz Entre Oceanos acaba se tornando muito mais frustrante do que apaixonante. Ao contrário de Namorados Para Sempre, uma das obras de Cianfrance e que realmente te despedaça, aqui o diretor adota um caminho previsível demais. A história adota um dramalhão que seria mais compreensível se estivesse passando no horário nobre da televisão. O motivo é pelas decisões que Tom Sherbourne (Michael Fassbender) toma e vão contra aquilo que sempre acreditou. Ele, todo certinho e traumatizado pelas guerras em que lutou, quer o isolamento para refletir e se afastar destes combates que a vida de soldado lhe deu. Porém, chega Isabel Graysmark (Alicia Vikander) sendo a “sua luz entre o oceano”. Ela, que também lidou com a morte na sua família, ainda é cheia de vida e quer aproveitá-la. Aqui, já teria material o suficiente para um conflito futuro entre personagens diferentes em um lugar distante. Mas aí, o principal erro é a consciência moral de Tom que acaba estragando tudo na vida do casal. Ele querendo optar por agir certo, acaba tornando as coisas mais arriscadas do que se tivesse deixado os fatos como estavam.

O enredo acaba se tornando um duelo entre o certo e o errado, entre a moral ou a felicidade do companheiro, mas como citado anteriormente, não apresentada nada além do óbvio. E acaba perdendo a chance de mostrar uma novidade ou uma reviravolta surpreendente neste romance de época. Já que se apresenta este tipo de conflito, por que não deixá-lo mais interessante ao exibir decisões inesperadas? Era o mínimo esperado, já que tamanha produção não poderia terminar tão redondo assim. A começar pelo casal protagonista que foram destaque no Oscar 2016: Michael Fassbender, que foi indicado como Melhor Ator por Steve Jobs, e Alicia Vikander, consagrada Melhor Atriz Coadjuvante por A Garota Dinamarquesa. O ator não apresenta tamanhos esforços na sua expressividade, deixando o seu personagem como o mais chato da trama. Ao contrário de Alicia, que mesmo não tendo muitos desafios, mostra que seu carisma conquista rapidamente a nossa torcida.

A Luz Entre Oceanos tem muitas aberturas que poderiam desenrolar um longa muito bom. Questões como mortes, isolamento, abortos espontâneos, casais se conhecendo distante de todos, o mar, sobrevivência no meio do oceano, poderiam transformar este romance em um suspense psicológico digno pelo tamanho do investimento. O filme está longe de ser ruim, nada disso. Já que se trata de um dramalhão, ele acaba funcionando neste aspecto. Ele é conduzido de forma correta e até bonitinha, no final das contas. Porém, o resultado acaba se tornando injusto, e isto serve tanto para personagem Tom quanto para nós espectadores.

Comente

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s